Texto publicado por Felipe Porto na internet e na Imprensa antes da posse do primeiro Governo de Lula.

O GOVERNO LULA NA ANÁLISE

DA NUMEROLOGIA E TARÔ

Toda a trajetória de Lula, da origem pobre, as dificuldades por que passou, até seu triunfo como Presidente, além de indícios do que fará no Governo, já estavam escritos nas letras do nome e data de nascimento de Luis Inácio da Silva. Confira nesta análise pela Numerologia e Tarô.

O número 13 e a estrela do PT são imagens indissociáveis do Presidente Lula, mas conforme análises de fundamento esotérico, não se tratam de símbolos agregados à sua pessoa por mera coincidência. "O número 13 e a estrela já estavam escritos no destino de Lula desde o dia de seu nascimento, conforme  acabam evidenciando análises tradicionalmente baseadas na Numerologia, Astrologia e Tarô. Aliás estes oráculos sempre confirmam que nada acontece por acaso na vida de ninguém, havendo uma ligação lógica entre todo e qualquer fato, na vida de toda e qualquer pessoa, basta pesquisar", garante o astrólogo, numerólogo e tarólogo Felipe Porto.

Nascido Luiz Inácio da Silva, tem 17 letras no nome, sendo no Tarô a carta 17 de nome "A Estrela", nada mais nada menos que o símbolo do Partido dos Trabalhadores, que ele fundou. Ou seja, Lula já nasceu predestinado a brilhar, aliás vem sendo recebido por onde passa como autêntico "pop-star" desde sua vitória. Numerologicamente, seu nome converte para os algarismos 79 e por soma, 16 e 7. O 16 no Tarô é a carta "A Torre Fulminada", uma das mais trágicas, trazendo dificuldades, humilhações, perdas, derrotas, prejuízos e outras desgraças que marcaram sua vida. Mas na soma final, resultado na carta "O Carro", trazendo a mensagem de vitória, triunfo, conquistas e sucesso. Quanto desfilar no carro presidencial, no dia de sua posse do cargo, Lula estará no exato momento em que cumprirá este presságio, pois já estava escrito no seu nome que seria venerado e admirado, desfilando perante as multidões em carro aberto.

Com 17 letras no nome de nascimento, Lula trouxe no nome a predestinação da carta "A Estrela" do Tarô, que favorece seus regidos a conquistar brilho e prosperidade. A soma numerológica do nome de batismo mais o apelido novamente resultado em 17, que tem o mesmo nome do símbolo do PT, A ESTRELA, Partido fundado por ele.

A soma dos valores de suas vogais no nome lhe confere a capacidade de transmutar o sofrimento, abnegação e sacrifício em alegria, crescimento pessoal e poder de comunicação. Já a soma das consoantes revela uma capacidade de se manter equilibrado mesmo diante das mais pesadas perdas. Nas letras do nome, possui quatro números 1, conferindo um enorme poder de iniciativa e liderança; quatro números 3, que rege a comunicação e quatro 9, que trazem amadurecimento e popularidade. Este aspecto também está presente na sigla PT, que vale 7+2 = 9. O apelido e agora parte do nome, Lula, tem 3 letras de valor 3 e mais uma de valor 1, o que acentuou ao extremo a capacidade de comunicação e liderança.

Pela soma da data de nascimento, tem como "Número do Destino" (27+10+1945) o 1982, número aliás que marca o ano de sua arrancada rumo à liderança dos metalúrgicos do ABC paulista. A redução de 1982 por soma chega ao 20, trazendo a influência do arcano "O Julgamento", símbolo de sobrevivência, tal qual a mitológica Fênix.. Analisando as carências de letras e números, Felipe Porto verifica a falta dos valores 2 (letras B, K e T) e 7 (G, P e Y), o que na Numerologia quer dizer que Lula carrega os "Carmas" 2 e 7, uma combinação de tendência a atrair pessoas problemáticas para seu convívio (que trabalhado positivamente pode explicar sua opção pelos carentes, mas também pelo fato do PT reunir toda sorte de extremistas, utópicos e frustrados política e ideologicamente, um verdadeiro "saco de gatos") e uma necessidade de encontrar um sentido espiritual - na acepção mística da palavra - para sua vida. "Aliás, uma enorme carência neste aspecto", complementa.     

A figura macabra ceifa cabeças coroadas, pés e mãos, destruindo todo sentido de posse, orgulho e poder material, ao mesmo tempo simbolizando a libertação do espírito. Cenas da fatídica carta 13 do Tarô, cujo nome é "A Morte". O PT tem como número o 13 e sua ficha no DOPS (12712) também resulta neste algarismo envolto em tantos mistérios.

        A FORÇA DO 13 NO NOME

O apelido adotado e hoje integrado ao seu nome, Lula, acrescenta a força do número 10 ("A Roda da Fortuna" do Tarô, trazendo altos e baixos). Sendo um "7" de nascimento, com a soma do 10 de "Lula", mais uma vez aparece o arcano 17, "A Estrela" do Tarô e por soma alterou seu destino de um sonhador para um grande realizador, marca do número 8 ("A Justiça" do Tarô), acrescentando amadurecimento, praticidade, realização, equilíbrio e determinação. No dia da eleição, tal qual acontece com os predestinados, estava exatamente no dia do seu aniversário, completando 57 anos. Diga-se de passagem que outro número marcante de Lula em sua história é o da ficha no DOPS paulista quando esteve preso, a de número 12712, cuja soma não poderia resultar em outro número do que o fatídico 13, tido popularmente como número de sorte e de azar ao mesmo tempo.

Como o 13 é o número mais marcante na vida de Lula, merece uma análise mais detalhada. No Tarô, o 13 tem o nome de "A Morte", significando um corte repentino, a separação, as perdas materiais e morais, a dor e sofrimento. Tradicionalmente, como se observa na "superstição" das sextas-feiras 13, é realmente considerado esotericamente como uma vibração nefasta. Entretanto, numa consulta de Tarô, quando "A Morte" surge, indica uma transformação radical, inesperada e inevitável, ou seja, quando o consulente está numa fase boa é presságio de perdas terríveis, mas quando este se encontra diante de uma situação problemática, indica uma mudança infalível para melhor. A situação nacional, por sorte, está mais para esta última do que para a primeira hipótese.

Ao desfilar neste carro, Lula estará cumprindo a predestinação escrita em seu nome de batismo.

Lula é pois, "A Morte" de tudo aquilo "que aí está", esperamos que inclua o paternalismo eleitoreiro, a corrupção, o desemprego, a miséria, a fome, a criminalidade, a falta de reforma agrária, os sem-tetos, a ignorância, o capitalismo selvagem e por aí afora. Essa impressão negativa causada pelo 13 tem fundamento até mesmo bíblico, pois Jesus, cercado de 12 apóstolos, era o 13 na mesa da Santa Ceia e acabou crucificado. Só que, do ponto de vista místico, sua imolação foi a sua glória, cumprindo os desígnios da divindade cristã, "o cordeiro de Deus que livra os pecados do mundo". Só o fato em si da eleição de Lula já é a própria prova da força da vibração do 13, rompendo com toda a realidade histórico-política do Brasil, levando um ex-trabalhador braçal, de origem ignorante e miserável, tendo até "passado fome" como consta, ao posto mais alto da nação.

Como supremo mandatário do País, sob tais regências, Lula significa para todos nós a vivência dessas influências um tanto quanto sombrias, mas que trazem em seu bojo, a possibilidade de ascensão social e melhor distribuição de renda para os mais pobres, enquanto os detentores do poder capitalista, político, econômico, ou seja, de todos os chamados "grandes esquemas" nacionais, é promessa de derrota líquida e certa. "Que Deus ilumine Lula nessa missão", acrescenta o esoterista Felipe Porto, "estamos todos de pipoca na mão, sentados na arquibancada para assistir à essa que deverá ser a mais importante partida do jogo político de toda a história do Brasil. Torcemos para que o 'Lulinha' cor-de-rosa, paz-e-amor, tenha sido só uma jogada de marketing".

PREVISÕES SOBRE GOVERNO

A maior questão brasileira é sem dúvidas a situação financeira. Segundo a Numerologia, as letras H, Q e Z são sinônimos de prosperidade e estabilidade material na vida. Lula é o próprio atestado disso, tendo sido brindado pelo destino com o "Z" de Luiz, o que segundo esta técnica milenar, foi responsável pela sua vertiginosa ascensão social e política, saindo de um meio onde era aparentemente impossível alguém mudar seu destino de pobreza e galgar tamanha projeção nacional e internacional. A presença desta letra, conforme a Numerologia, é a maior garantia de que haverá controle dos gastos, dos preços e da inflação "durante o primeiro mandato de Lula", afirma o estudioso, como que deixando nas entrelinhas que acredita na reeleição do líder petista.

Para corroborar com a teoria numerológica, Felipe Porto cita um exemplo extremamente convincente: desde o Governo Emílio Garrastazu Médici, que tinha um "Z" bendito no nome, quando atingimos a maior taxa de crescimento de toda nossa história, de mais de 11% ao ano, o chamado "Milagre Brasileiro", só tivemos uma sucessão de Presidentes sem os "predicados" das letras H, Q ou Z no nome. Seguiram-se João Batista de Oliveira Figueiredo (com Delfim Neto à tiracolo), José de Ribamar Ferreira de Araújo (o José Sarney do Plano Cruzado), Fernando Affonso Collor de Mello (Plano Collor, que tomou o dinheiro em banco de todo mundo, Collor II, Plano Verão e outras barbaridades monetárias) e Itamar Augusto Cautiero Franco (o Itamar Franco) - note bem: todos sem H, Q ou Z no nome - e o que tivemos foi a explosão da inflação, que chegou a bater na casa dos 80% ao mês, os desastres de sucessivos pacotes econômicos fracassados (responsáveis por levar de milhões à falência), a tal da "década perdida" da história recente brasileira, enfim.

Lula: de berço trouxe uma letra no nome que é uma verdadeira benção, a "Z".

"Todos eles, de Figueiredo a Itamar, conforme a Numerologia, não tinham competência para administrar economicamente uma nação, já complicada financeiramente como a nossa e deu no que deu, a mais profunda crise financeira já atravessada pelo País, responsável por muito do ruim que temos hoje em nosso País", prossegue Felipe. Bastou entrar Fernando Henrique Cardoso - se não bastasse com uma, mas duas letras "boas para dinheiro" no nome, o H e o Q, e o que tivemos? O controle da inflação, estabilização da moeda, o fim do caos financeiro, em resumo. "Lula tem só uma letra dessas letras que a Numerologia considerada de importância fundamental para o cargo que vai ocupar, o que em outras palavras quer dizer que será um período de dinheiro curto, cortes nos gastos, priorização com o fundamental, mas acima de tudo de relativo controle das finanças e dos mercados", aposta.

=================================================================

Página republicada no site www.estrelaonze.com.br em 01/11/2013, sendo mantido o texto original.

=================================================================

Felipe Porto (11)

Jornalista, Escritor, Astrólogo, Numerólogo, Tarólogo

exoterikcenter@gmail.com

www.estrelaonze.com.br

     

ESTRELA ONZE - EXOTERIK CENTER - FELIPE PORTO (11) - CRS 502, BLOCO B, LOJA 39-A1

ASA SUL - BRASÍLIA / DF - CEP 70330-520 - FONES (61) 3322-8060, 3383-5502 e 99221-0058

E-mail: exoterikcenter@gmail.com